Vazamento da delação de Ritinha movimentou o final de semana político

O noticiário político do final de semana foi movimentado pelo vazamento da delação premiada  feita pela procuradora aposentada da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Rita das Mercês, ao Ministério Público Federal.

A delação é resultado da operação Dama de Espadas, que investiga esquema que teria desviado R$ 5,5 milhões de reais do legislativo estadual.

Segundo o jornal Tribuna do Norte, que teve acesso a páginas do documento, a delação cita 52 políticos, agentes do judiciário e órgãos de controle, além dos nomes das pessoas que eles pediram para incluir na folha de pagamento da AL.

Esse acordo foi firmado com o MPF em 4 de agosto de 2017 e homologado em 4 de outubro de 2017 pelo ministro Edson Fachin, do STJ.

A primeira fase de audiências de instrução das testemunhas de acusação do processo está marcada para começar dia 28 de junho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s