Arquivo mensal: março 2018

Inscrições para casamento coletivo serão abertas

Em Mossoró, as inscrições para a primeira etapa do Casamento Coletivo deste ano serão abertas na próxima segunda-feira, dia 26.

Os interessados devem procurar a sede do Plantão Social, que fica localizado à Rua José de Alencar, Centro, por trás das Lojas Riachuelo, de segunda a sexta, das 13h às 17h.

São necessários Certidão de Nascimento, CPF, RG, Comprovante de Renda e Comprovante de Residência.

A cerimônia do Casamento Coletivo vai acontecer no mês de junho, dentro das festividades do Mossoró Cidade Junina.

Prefeitura esclarece sobre ambulantes

Em Mossoró, a prefeitura informa que identificou a presença de 12 comerciantes em situação de irregularidade no Mercado do Vuco-Vuco. A partir da notificação, o prazo é de 72 horas para desocupação.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lahyre Neto, a ocupação dos espaços no Mercado do Vuco-Vuco deve ocorrer mediante cadastro realizado junto à secretaria. “Além disso, a atual estrutura do mercado não comporta novos comerciantes” complementa o secretário.

Segundo o executivo, a ação obedece determinações do Código de Obras de Mossoró (Lei nº 047/2010) e do Plano Diretor do Município (Lei complementar nº 012/2006).

Espaço para artistas locais no Cidade Junina

A Prefeitura de Mossoró faz chamamento público para o credenciamento de artistas, bandas e grupos musicais locais interessado em compor a programação artístico-musical do Mossoró Cidade Junina 2018.

Os artistas devem, primeiramente, realizar se inscrever como Agente Cultural no Cadastro Geral da Secretaria de Cultura. O período de inscrição permanece aberto até 2 de abril.

Temer convoca conselho para discutir segurança

O presidente Temer reúne na tarde desta quarta (21) o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Durante o encontro, deverão ser discutidas propostas para a segurança pública.

Esta é a terceira vez que o presidente convoca o conselho desde que assumiu a Presidência da República, em maio de 2016.

São esperados alguns ministros, entre os quais Eliseu Padilha (Casa Civil), Henrique Meirelles (Fazenda) e Raul Jungmann (Segurança Pública).

Câmeras desligadas

Cinco das 11 câmeras de vigilância da Prefeitura do Rio no trajeto que a vereadora Marielle fez antes da morte estão desligadas. Fonte da polícia ligada à apuração diz que imagens não seriam cruciais para revelar autores, mas possibilitariam acrescentar informações relevantes. Para Casa Civil, gravação só acompanha tráfego e pouco ajudaria.

Febre amarela

O Ministério da Saúde anunciou que a vacina da febre amarela passa a ser recomendada para todo o Brasil. A medida foi tomada após o segundo ano de alta no número de casos da doença e com a maior proximidade do vírus nas zonas urbanas. A ampliação irá ocorrer de forma gradual até abril de 2019. O ministério informa que serão produzidas 49 milhões de doses até o fim de 2018.

 

Fake news sobre Marielle

O corregedor do Conselho Nacional de Justiça determinou a abertura de procedimento para apurar a conduta da desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Em texto publicado no Facebook, a desembargadora afirmou que a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), morta a tiros, era “engajada com bandidos” e “um cadáver tão comum quanto qualquer outro”.