Saída de Araújo abre caminho para reforma ministerial

O deputado Bruno Araújo pediu demissão do Ministério das Cidades em meio ao racha no PSDB sobre ficar ou não no governo.

O Palácio do Planalto confirmou o pedido.

Araújo tem 45 anos e estava no governo desde maio do ano passado, quando Temer assumiu a presidência.

Na carta de demissão, agradeceu ao presidente da República a oportunidade de comandar a pasta responsável, entre outras coisas, pelo programa Minha Casa, Minha Vida e justificou a saída do governo. Segundo ele, já não há dentro do PSDB “apoio no tamanho que permita seguir nesta tarefa”.

Com a saída do governo, o tucano reassumirá o mandato de deputado federal na Câmara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s