Fundo do poço

A situação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro está cada vez mais difícil.

Sem dinheiro, a UERJ decidiu que não retomará as aulas em 2017, apesar do fim das férias escolares. Professores estão com salários atrasados, há vários serviços interrompidos e a decisão é por tempo indeterminado.

Para piorar, os professores decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. Os alunos lamentam o atraso no calendário acadêmico, mas apoiam a paralisação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s